domingo, 29 de outubro de 2017

Ex-funcionário da prefeitura de Camaçari é procurado por estuprar menina de seis anos

Ex-funcionário da prefeitura de Camaçari é procurado por estuprar menina de seis anos
Dois anos depois da violência sexual contra uma garotinha, que na época tinha apenas seis anos, a família da vítima do município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), tenta se recuperar e contemplar a justiça sobre o caso. Abusada por uma pessoa próxima a família, a menina precisou passar por psicólogo enquanto a mãe se desdobrou entre os cuidados com a filha, e a luta por justiça. Sentenciado e com mandado de prisão em aberto, o ex-servidor da secretaria municipal de Educação de Camaçari, Luiz Alberto de Souza Borba, está sendo procurado pela polícia e possui prisão preventiva decretada. Segundo relato da mãe da garotinha, que não quis ser identificada, Luiz Alberto abusou da menina em dezembro de 2015, numa circunstância insuspeita e que não chamou atenção dos familiares.A mãe descobriu a violência quando a filha retornou para casa, e no banho, identificou uma pequena lesão superficial nas partes íntimas da criança. Ao ser indagada pela mãe, a garota relatou o abuso e quem cometeu. Apesar de não violentar, Luiz Alberto tocou as partes íntimas da menina. No Instituto Médico Legal (IML) foram encontradas pequenas lesões na genitália da criança que confirmaram o abuso. Conforme apuração feita, a primeira audiência só aconteceu um ano depois do crime e a criança teve que reviver a situação traumática, pois precisou relatar novamente o caso à Justiça. Luis Alberto respondia o processo em liberdade, quando foi sentenciado em agosto deste ano. O mandado, expedido pelo juiz Ricardo Dias de Medeiros Neto, da 1ª Vara Criminal de Camaçari, tem validade de 20 anos. Qualquer pessoa que tenha notícia do paradeiro de Luiz Alberto deve informar imediatamente  à polícia. A denúncia pode ser feita anonimamente, através dos telefones (71) 3235-0000 e 190. (Bocão News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário