sexta-feira, 31 de maio de 2019

SAJ; Odilani e Vittória, confirmadas no maior e melhor São João da Bahia

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Odilani Vitória, pessoas sorrindo, texto

Odilani e Vitória- Resíduo de Sentimento-Clipe Oficial



Odilani e Vitória - Outdoor (CLIPE OFICIAL)




Prefeitura de SAJ antecipa repasse da 2ª parcela de Incentivo Adicional para os ACS




A Prefeitura de Santo Antônio de Jesus, através da Secretaria de Saúde, antecipou para esta sexta-feira (31) a 2ª parcela do Incentivo Adicional (14º salário) para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS).
O repasse no valor total de R$ 95.584,23 (noventa e cinco mil quinhentos e oitenta e quatro reais e vinte e três centavos) é referente ao exercício de 2018 e contempla todos os 173 ACS do município, já obedecendo o novo piso da categoria, que no próximo dia 7 comemora seus 21 anos de implantação em Santo Antônio de Jesus.
Em janeiro, o município já havia feito o repasse da primeira parcela no valor de R$ 120.665,77 (cento e vinte mil seiscentos e sessenta e cinco reais e setenta e sete centavos). O valor total dos incentivos aos ACS chega a R$ 216.250,00 (duzentos e dezesseis mil duzentos e cinquentas reais).

PM vai apurar agressão a torcedor do Bahia na Fonte Nova; veja vídeo

[ PM vai apurar agressão a torcedor do Bahia na Fonte Nova; veja vídeo]
Foto : Reprodução/Youtube

A Polícia Militar abriu uma sindicância para apurar a agressão de um policial militar a um torcedor do  Esporte Clube Bahia, na quarta-feira (29), que comemorava a classificação do clube às quartas de final da Copa do Brasil.
O caso foi gravada em um vídeo, compartilhado na internet. As imagens mostram o rapaz pulando junto com a torcida, quando um dos PMs que fazia segurança no local usa o cassetete para agredi-lo. 
Em nota oficial, o E. C. Bahia informou que procurou o comandante do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe) para cobrar esclarecimentos e punições sobre o assunto.
"O tenente-coronel Saulo informou que será aberta uma sindicância para apurar esta denúncia. Com a confiança de que os fatos serão devidamente apurados, solicitamos que o Esquadrão seja informado sobre o encaminhamento da investigação. Assim que houver novidade, divulgaremos à torcida", afirma o comunicado. 




Fonte: Metro1.

Corrupção tem efeitos semelhantes às armas de destruição, diz Damares

[Corrupção tem efeitos semelhantes às armas de destruição, diz Damares]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou hoje (31) que a corrupção tem efeitos semelhantes aos causados por armas de destruição e foi a principal causa de violação dos direitos humanos no Brasil nos últimos anos. As declarações foram feitas durante a Reunião de Altas Autoridades em Direitos Humanos do Mercosul, em Buenos Aires, Argentina.
"À luz do seu inegável impacto negativo sobre o pleno gozo dos direitos e liberdades fundamentais, estamos incluindo o tema da corrupção no centro do debate sobre a defesa dos direitos humanos no Brasil", disse ela, destacando a criação do Comitê Interministerial de Combate à Corrupção.




Metro1.

PM suspeito de atrapalhar apuração da morte de Marielle é preso no Rio

[PM suspeito de atrapalhar apuração da morte de Marielle é preso no Rio]
Foto : Carl de Souza/ AFP

O policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, o Ferreirinha, foi um dos presos hoje (31), na Operação Entourage, deflagrada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. 
Ele foi apontado pela Polícia Federal como o responsável por atrapalhar a investigação da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.
Além dele, mais sete foram presos suspeitos de integrar a milícia comandada por Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica.
Com a prisão do líder da quadrilha, o PM Ferreirinha passou a ocupar espaço de chefia dentro do grupo. Ele chegou a prestar depoimento falso à Polícia Civil incriminando Orlando Curicica pela morte da vereadora Marielle Franco. 
A Operação Entourage tem no total 30 mandados de prisão. 




Metro1.

Câmara mexe mais na reforma de Bolsonaro que na de Temer

Câmara mexe mais na reforma de Bolsonaro que na de Temer
Foto: Alan Santos/PR


Deputados, inclusive do partido de Jair Bolsonaro, apresentaram, pelo menos, 256 sugestões de modificações à proposta de reforma da Previdência do governo. Esse número, que poderá ser atualizado, supera as 164 emendas apresentadas, em 2017, ao projeto do ex-presidente Michel Temer, que fracassou ao tentar aprovar uma medida de endurecimento das regras de aposentadorias.

A pressão por mudanças na reforma de Bolsonaro, portanto, é maior que na proposta da gestão anterior. Até membros do PSL querem alterações que reduziriam o efeito da PEC (proposta de emenda à Constituição) na economia de gastos, pois buscam beneficiar o setor de segurança pública.

Oposicionistas também fizeram sugestões, como os deputados Felipe Rigoni (PSB-ES) e Tabata Amaral (PDT-SP), que querem a criação de benefícios assistenciais a crianças de baixa renda. O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), aguardava o fim do prazo de apresentação das emendas, o que ocorreu nesta quinta-feira (30), para analisar as demandas dos deputados.

Assim, ele espera construir relatório com maior chance de ser aprovado na comissão especial e, depois, no plenário. Moreira trabalha com a perspectiva de apresentar o parecer antes de 15 de junho. "Estamos fazendo o relatório ouvindo as lideranças, os líderes de partidos. O presidente [da Câmara] Rodrigo Maia (DEM-RJ) também tem peso, as opiniões dele. Nós estamos construindo e partindo para o fechamento do relatório."

Algumas emendas coincidem com estudos Moreira.

Conforme a Folha de S.Paulo publicou na quarta (29), o deputado avalia manter regra de cálculo de aposentadoria mais benéfica ao trabalhador, que considera 80% das maiores contribuições previdenciárias. A equipe econômica é contra, pois defende a proposta levado ao Congresso: cálculo que considera 100% dos salários.

Segundo técnicos do Ministério da Economia, a ideia do relator teria impacto considerável na redução da estimativa de economia prevista em dez anos --R$ 1,2 trilhão. Além disso, dizem que a Previdência continuaria subsidiando as aposentadorias das classes média e alta do país.

Cerca 140 emendas à reforma foram protocoladas no último dia do prazo. Isso é mais do que em todos os outros dias. Os deputados estavam, no começo, com dificuldade de conseguir assinaturas de colegas para apoiar as sugestões de mudanças no texto. Por isso, Maia estendeu o prazo.

Partido que comanda a comissão da reforma, o PL (ex-PR) apresentou emenda ampla nesta quinta-feira. Assinada pelo líder da sigla na Câmara, Wellington Roberto (PB), um dos mais descontentes com o governo, a proposta prevê uma transição mais suave para a idade mínima a ser criada pela reforma. O PL quer regime de capitalização no qual cada trabalhador faz a própria poupança para a aposentadoria, diferente do desejado pelo ministro Paulo Guedes (Economia), e cria a possibilidade de imposto semelhante à CPMF ser usado para bancar a troca dos sistemas previdenciários.

Roberto estima que a proposta do partido representaria uma economia de R$ 600 ou R$ 700 bilhões em dez anos. Mas a emenda tem instrumentos para aumentar o financiamento à Previdência. A ideia do partido não tem, por enquanto, apoio de demais líderes do centrão --grupo de deputados independentes aos governo e que representam maioria da Câmara.

"Não estou mandando uma nova reforma. É uma emenda à do governo", disse o líder. A emenda do PL e, pelo menos, outras duas retiram os efeitos da reforma para servidores estaduais e municipais. É grande o movimento na Câmara para que governadores e prefeitos tenham o desgaste de aprovar medidas impopulares para controlar os gastos com aposentadorias.

O governo e Moreira buscam alternativa para que os estados e municípios continuem na reforma --ou, pelo menos, parte desses entes. A maioria da Câmara já se posicionou contra qualquer mudança nas regras atuais de recebimento do BPC (benefício pago a idosos carentes) e à aposentadoria rural -há diversas emendas nesse sentido.



BN.

Ainda abalado com morte de Gabriel Diniz, Safadão cancela mais dois shows

Ainda abalado com morte de Gabriel Diniz, Safadão cancela mais dois shows
Foto: Reprodução / Instagram

O cantor Wesley Safadão segue abalado com a morte do amigo Gabriel Diniz. O cantor faleceu na última segunda-feira (27) em um acidente aéreo e desde então o forrozeiro vem cancelando sua agenda de compromissos.  Com isso, foram adiados os shows desta sexta-feira (31) em Barra do Garças (MT) e o de sábado (1º) Tangarã da Serra (MT).

“Pedimos desculpas aos fãs e admiradores do cantor, porém o mesmo não se encontra em condições emocionais para realizar sua apresentação diante os fatos ocorridos com Gabriel Diniz nesta semana”, diz o comunicado assinado pela Luan Produções e Eventos.
 Safadão já havia cancelado o lançamento da música "Desencana", gravada em parceria com MC Kekel, que estava marcado para esta quinta-feira (30). Na data, além de disponibilizar o single nas plataformas digitais, ele faria um evento de lançamento da canção em São Paulo.








BN

Agnaldo Timóteo tem 'melhora progressiva' e deve voltar a respirar sem aparelhos em breve

Agnaldo Timóteo tem 'melhora progressiva' e deve voltar a respirar sem aparelhos em breve
Foto: Divulgação
Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, desde o dia 20 de maio, Agnaldo Timóteo reage bem ao tratamento. 

De acordo com boletim médico divulgado nesta sexta-feira (31), o artista “continua evoluindo com melhora progressiva dos parâmetros clínicos, mantendo ainda critérios de gravidade”. 

Segundo o comunicado oficial, “a expectativa da equipe médica é que, nas próximas horas, o paciente seja extubado. Ou seja, que volte a respirar sem ajuda de aparelhos”.

No último boletim o cantor já vinha apresentando melhora.




BN.

Acusado de homicídio é preso após ser identificado por câmeras de reconhecimento facial

[Acusado de homicídio é preso após ser identificado por câmeras de reconhecimento facial]
Foto : Alberto Maraux / SSP-BA

Um acusado de homicídio que estava foragido da Justiça foi preso em Salvador, na manhã de hoje (31), após ser identificado pelo sistema de reconhecimento facial.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA), Henrique Gonçalves dos Santos Nascimento, o 'Léo', possuía mandado de prisão em aberto pela comarca de Lauro de Freitas e foi capturado por equipes das polícias Militar e Civil enquanto passava por uma estação de metrô. A SSP-BA não detalhou em qual terminal o suspeito foi localizado.
Equipes da Polícia Militar detiveram Henrique e o encaminharam para a 11ª Delegacia Territorial (Tancredo Neves), onde foi confirmada a identidade do suspeito. Segundo a SSP-BA, ele prestou depoimento e será encaminhado para o sistema prisional.


M1.

MEC diz que professor deve ser denunciado se divulgar atos

MEC diz que professor deve ser denunciado se divulgar atos
Foto: Divulgação

O Ministério da Educação divulgou nota na tarde desta quinta-feira (30) em que afirma que professores, servidores, funcionários, alunos e até mesmo pais e responsáveis "não são autorizados a divulgar e estimular protestos durante o horário escolar".

Em seguida, orienta que sejam feitas denúncias por meio do site da ouvidoria do MEC. A medida representa mais uma ofensiva da pasta em meio a um novo dia de manifestações pelo país contra o bloqueio de verbas do setor. O primeiro dia de protestos ocorreu em 15 de maio.

Na nota, a pasta justifica a medida dizendo que "nenhuma instituição de ensino pública tem prerrogativa legal para incentivar movimentos políticos partidários e promover a participação de alunos em manifestações". Questionado pela reportagem a respeito do amparo legal das medidas e sobre o que levou a pasta a citar que até mesmo pais não estão autorizados a divulgar os protestos, o ministério ainda não respondeu.

Além de vetar a divulgação dos atos em horário escolar, o ministério também diz em nota que servidores públicos que participarem dos eventos podem ter o ponto cortado. "Vale ressaltar que os servidores públicos têm a obrigatoriedade de cumprir a carga horária de trabalho e podem ter o ponto cortado em caso de falta injustificada. Ou seja, os servidores não podem deixar de desempenhar suas atividades nas instituições de ensino para participarem desses movimentos", diz a nota.

Na véspera dos protestos, em vídeo nas suas redes sociais, o ministro Abraham Weintraub havia dito que há "coação" por parte de professores pela participação dos estudantes nos atos.

"Estamos recebendo aqui no MEC [Ministério da Educação] cartas e mensagens de muitos pais de alunos citando explicitamente que alguns professores, funcionários públicos, estão coagindo os alunos e que serão punidos de alguma forma caso eles não participem das manifestações", disse o ministro.

"O MEC está fazendo um esforço muito grande para que o ambiente escolar não seja prejudicado por uma guerra ideológica que prejudica o aprendizado dos alunos", disse. No dia do primeiro ato contra os bloqueios na educação, em 15 de maio, o presidente Jair Bolsonaro chamou quem foi às ruas de imbecis e "idiotas úteis" usados como "massa de manobra". No entanto, uma semana após a mobilização o governo repôs parte da verba contingenciada da área.

Com o uso de recursos de uma reserva, destinou ao MEC um total de R$ 1,6 bilhão --21% do valor que havia sido contingenciado (R$ 7,4 bilhões). Nas universidades federais, o corte chega a R$ 2 bilhões -- 30% da verba discricionária (que não inclui gastos obrigatórios como salários).

Também nesta quinta, o Ministério Público Federal ingressou com uma ação civil pública na Justiça Federal do Rio Grande do Norte contra Weintraub e a União por danos morais coletivos. Segundo o MPF, a ação busca responsabilizar as falas consideradas ofensivas do chefe do MEC desde que ele assumiu a pasta, em abril.

A ação pede R$ 5 milhões em caso de condenação e será analisada pela 10ª Vara Federal de Mossoró.Os procuradores ressaltaram entre as muitas declarações de Weintraub, uma dada em entrevista no dia 30 de abril, quando ele disse que "universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia terão verbas reduzidas".

O MEC disse em nota que não foi comunicado oficialmente sobre a ação. "Até porque ela está com data de hoje. Portanto, sequer foi distribuída a uma das varas da Justiça Federal de Natal (RN). Em pesquisa no site da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, não consta nenhuma ação judicial ainda contra o ministro da Educação", disse a pasta.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou vídeo nesta quinta (30) em que nega que o governo tenha reduzido verbas destinadas à recuperação do Museu Nacional e atribui a decisão à bancada federal do Rio. No vídeo, publicado em sua página no Twitter, munido de um guarda-chuva e com gestos que imitam o clássico "Singing in the rain", Weintraub diz que "está chovendo fake news". "Novamente um veículo de comunicação das pessoas que estão de mal com a vida tenta macular a imagem do MEC", afirma.

"Essa última fake news alega que a paralisação da recuperação do Museu Nacional, aquele que o reitor da UFRJ não conseguiu explicar, estaria sendo feito pelo MEC. Fake news", disse ao citar reportagem publicada nesta quinta-feira (30) pela Folha de S.Paulo.

Na quarta (29), dados divulgados pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil apontaram que o bloqueio do governo Bolsonaro envolve verbas para a reforma do Museu Nacional no Rio de Janeiro, atingido por incêndio em setembro de 2018.

Nesta quinta, porém, Weintraub negou que os cortes tenham relação com o governo. "O que acontece é que havia emendas parlamentares de R$ 55 milhões para recuperar o museu. A bancada do Rio de Janeiro resolveu reduzir em R$ 12 milhões, sobrando R$ 43 milhões para as obras. Nada a ver com o MEC", afirma.

"Mas mesmo que não tivessem reduzido e o dinheiro estivesse prontamente disponível para ser gasto, o projeto ainda não está protocolado e não daria para começar as obras. Mais uma mentira. Não para de chover no MEC", disse, girando o guarda-chuva. No início do mês, Weintraub usou chocolates para contestar o impacto do bloqueio. A cena gerou memes e críticas nas redes sociais.




BN.

Hip Hop nas Quebradas oferece oficina de turbante e grafite no bairro São Paulo neste domingo (02)


No próximo domingo (02), os garotos do Quinta Esquina levam sua arte em grafite para o bairro São Paulo com o projeto Hip Hop nas Quebradas, a partir das 14h. O encontro também contará com oficina de turbantes e ilustrações, exposição de fotos, poesia e apresentações musicais. O objetivo do projeto é levar a arte para as comunidades periféricas de Santo Antônio de Jesus.
Essa atividade foi uma das contempladas pelo Prêmio Grã-Mestre Roque, iniciativa da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude e tem como objetivo fomentar a cultura e a arte de Santo Antônio de Jesus.



MESTRE ROQUE: Projeto discutiu a importância na mulher negra no Brasil em comunidades de SAJ



Com objetivo de discutir sobre a importância de grandes mulheres negras para a construção da história do país, o projeto “Heroínas negras do Brasil” levou para comunidades de Santo Antônio de Jesus as trajetórias e experiências de guerreiras históricas, através do edital Prêmio Grã-Mestre Roque, promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude.

Na última terça-feira (28), o encontro aconteceu na Creche 11 de dezembro, localizada no bairro Irmã Dulce. O projeto conta com exposição de banners, palestras, prosa e poesia literária, incluindo o cordel.  O “Heroínas negras do Brasil” é organizado pelo Coletivo Mulheres Negras Luíza Bairros e AfroUNEB.








MESTRE ROQUE: Livro “Diário do Conflito” é lançado na Biblioteca Municipal



 O escritor Carlos Reis lançou na noite desta quinta-feira (30), seu livro “Diário do Conflito”, projeto contemplado pelo edital do Prêmio Grã-Mestre Roque. O evento aconteceu na Biblioteca Municipal e contou com a presença de amigos e convidados, que prestigiaram o momento. Durante o encontro, o autor conversou com os presentes, explicando a história que o livro traz.
O projeto faz parte do Prêmio Grã-Mestre Roque, promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude, que contemplou 21 projetos da cidade que estão sendo apresentados à população desde abril de 2019. O objetivo é fomentar a arte e a cultura local.






Av. Roberto Santos recebe requalificação asfáltica nesta sexta (31)



Dando continuidade a requalificação asfáltica do centro da cidade, nesta sexta-feira (31), a Av. Roberto Santos (trecho: Entrada da Cidade – Mão Inglesa) estará parcialmente bloqueada para execução dos trabalhos. A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (SMTT) pede aos condutores que utilizem rotas alternativas para evitar transtornos e congestionamentos.


Após novos protestos, MEC diz que universidades 'não podem promover eventos políticos'

[Após novos protestos, MEC diz que universidades 'não podem promover eventos políticos']

Em meio aos novos protestos realizados hoje (30) em todo o Brasil contra os cortes realizados no setor da educação, o MEC disse, através de nota, que as instituições públicas de ensino superior "não podem promover eventos políticos".
"Nenhuma instituição de ensino pública tem prerrogativa legal para incentivar movimentos político-partidários e promover a participação de alunos em manifestações. Com isso, professores, servidores, funcionários, alunos, pais e responsáveis não são autorizados a divulgar e estimular protestos durante o horário escolar", declarou a pasta.
O órgão acrescentou ainda que "caso a população identifique a promoção de eventos desse cunho", denúncias poderiam ser feitas através da ouvidoria. De acordo com a pasta, servidores poderiam ter o ponto cortado, em caso de falta não justificada.
"Vale ressaltar que os servidores públicos têm a obrigatoriedade de cumprir a carga horária de trabalho, conforme os regimes jurídicos federais e estaduais e podem ter o ponto cortado em caso de falta injustificada. Ou seja, os servidores não podem deixar de desempenhar suas atividades nas instituições de ensino para participarem desses movimentos", ponderou.
O corte atinge institutos e universidades federais de todo o país. Foram mais de R$ 40 milhões cortados na Bahia, com mais de 80 bolsas de estudo suspensas.
Após resposta do MEC , internautas revoltados perguntam :  É a volta da ditadura ? 

Reeditado por Pirôpo News / fonte: Metro 1

Juiz avisa governo sobre ameaça de Adélio contra Bolsonaro e Temer

[Juiz avisa governo sobre ameaça de Adélio contra Bolsonaro e Temer]


O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), enviou para os responsáveis pela segurança presidencial relato em que Adélio Bispo de Oliveira afirma que pretender matar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-presidente Michel Temer assim que conseguir liberdade. 
Segundo o magistrado, Adélio disse a peritos que os dois fazem parte de uma conspiração para tomar o poder e riquezas do Brasil e entregá-las ao Fundo Monetário Internacional, à maçonaria e à máfia italiana. Adélio tentou assassinar Bolsonaro com uma facada durante a campanha presidencial, em 6 de setembro do ano passado, na cidade de Juiz de Fora (MG).
A reportagem teve acesso à decisão do juiz sobre o caso. Ele conclui que o réu tem transtorno mental e é inimputável - incapaz de entender o caráter de crime que cometeu e, por isso, de responder por seus atos.
Savino decidiu enviar a documentação para o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) para "medidas que entendesse pertinentes", pois psicólogos e psicanalistas apontaram "alta periculosidade do réu". Adélio está preso desde setembro. Ele passou por avaliações de psiquiatras oficiais e indicados pela defesa e pela acusação.
De acordo com trechos da peça judicial, Adélio afirmou que Bolsonaro fazia parte de uma "conspiração da maçonaria para tomar o poder e entregar as riquezas do país ao FMI, aos maçons e à máfia italiana". O autor da facada disse ainda que, se eleito, o político mataria "os simpatizantes da esquerda, pobres, pretos, índios quilombolas e homossexuais para que as riquezas do Brasil ficassem apenas com os maçons" e citou uma entrevista em que Bolsonaro falava em "fuzilar petralhas" ou mandá-los para a Venezuela.
Para o juiz, as afirmações sobre matar Bolsonaro e Temer reforçam o diagnóstico de Adélio, demonstrando que ele pouco se importa com o fato de estar encarcerado e com eventuais consequências penais ou processuais de seus atos, o que faz parte de seu transtorno. Savino diz em sua conclusão que os profissionais que atuaram no feito, tanto os peritos oficiais como os assistentes técnicos das partes, "foram uníssonos em concluir ser o réu portador de Transtorno Delirante Persistente".
Para tomar a decisão, o juiz traçou um perfil de Adélio, com base nas investigações e nos laudos médicos.
Dos pontos mais importantes, o magistrado destaca que a boa articulação do réu em depoimentos, em vez de afastar a possibilidade da doença, na verdade, confirma o diagnóstico, pelo "comportamento não extravagante ou estranho". 

Adélio era visto como "totalmente isolado", não falava de seus amigos ou de familiares, de acordo com os trechos da peça judicial. Ao todo, o autor da facada em Bolsonaro teve quase 40 empregos em cerca de 20 anos de carteira assinada, sendo que em vários lugares não chegou a trabalhar nem por mais de um mês.
Além de trocar muito de ocupação, o réu também se mudou diversas vezes de cidade, não criando vínculo por onde passou.

"O réu entrelaça em sua certeza psicótica, a um só tempo, delírios místicos-religiosos, políticos-ideológicos, persecutórios e de referência para criar uma interpretação própria e totalmente distorcida da realidade", disse o juiz. 
bnews

“Não” de Patricia Abravanel a Rodrigo Faro gera mal-estar entre Record e SBT

Resultado de imagem para patricia abravanel Rodrigo Faro

A apresentadora Patricia Abravanel, filha de Silvio Santos, disse não ao convite para participar do “A Hora do Faro”, da Record TV. A recusa de Abravanel gerou um mal-estar entre o SBT e a emissora do autointitulado bispo Edir Macedo. De acordo com o “Notícias da TV”, os executivos do canal não esperavam a resposta negativa, principalmente depois de terem cedido Xuxa Meneghel e Sabrina Sato para o “Programa da Maísa” e também para o “Programa da Eliana”.
Outro famoso que disse que não participaria da produção da concorrente foi Carlos Massa, o Ratinho. A explicação para a ausência na atração de Rodrigo Faro foi a falta de agenda. Apesar da resposta negativa, a TV do Homem do baú afirmou que “não conseguiu atender aos pedidos” devido a “questões de agenda dos artistas”, mas está disposta a cedê-los quando possível.
fonte: BNEWS foto: Uol

Juiz eleitoral afirma que mulheres que disputam eleições são como 'aleijados'

Juiz eleitoral afirma que mulheres que disputam eleições são como 'aleijados'
Um juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Pará comparou mulheres que disputam eleições a “aleijados” que teriam que entrar em campo apenas para completar o time.

“Eu tenho 11 jogadores. Se eu puder escalar 11 craques, eu escalo 11 craques. Aí, se não tiver 11 craques, eu coloco um pé de pau? Boto um rapado? Mas não tem. Eu ponho um aleijado para jogar, mas eu não deixo em branco. Eu tenho que completar”, afirmou.

A frase foi dita durante julgamento que analisava denúncia de que uma coligação partidária teria fabricado candidaturas laranjas, em 2016, no município de Santa Luzia do Pará, para cumprir a cota de 30% destinada a mulheres, uma exigência da Justiça Eleitoral.

Durante sessão plenária realizada na tarde de terça-feira (28), no TRE-PA, o magistrado Amílcar Bezerra Guimarães repetiu em alguns trechos do seu voto a metáfora futebolística para atacar a regra eleitoral.

Ele destacou que não há opção para os partidos, que são obrigados a apresentar candidaturas de mulheres.

“Eu preciso de gente jogando a bola lá dentro. Por que eu haveria de colocar uma pessoa lá dentro que não tem perna nenhuma? É porque eu só tenho 7 jogadores e a lei me obriga a colocar 11 e só me sobrou o aleijado. Aí eu tenho que escalar o aleijado. O que eu posso fazer?”, perguntou.

O magistrado fez uma avaliação negativa sobre a participação das mulheres na política.

“Talvez tenha sido um erro fazer uma ação afirmativa para as mulheres participarem da classe política porque talvez isso não seja uma coisa boa. Talvez seja por isso que não esteja funcionando, mas isso é só uma consideração”, ressaltou.

Em tom irônico, o juiz questionou se deve existir também ações afirmativas para que se aumente o percentual de mulheres na população carcerária.

“Em vez de elas serem 10% da população carcerária, elas serem 30%. Será que as mulheres devem assaltar mais, roubar mais para poderem aumentar sua participação nos presídios”, comentou.

Com o mesmo entendimento, o juiz utilizou garis como exemplos para novamente criticar a obrigatoriedade de participação das mulheres na política por meio de cotas.

“Será que devemos fazer uma ação afirmativa para que as mulheres aumentem sua participação na limpeza pública para que elas ocupem 30% das vagas de lixeiros e de catadores de lixo na rua?”, questionou.

Em seguida, o magistrado afirmou que lixeiro não é uma coisa boa. “Quando olho para as atividades dos lixeiros vejo que as mulheres não precisam de uma ação afirmativa porque não é uma coisa boa.”

Ele disse que, nas disputas partidárias, o interesse das mulheres é baixo. “Se você cria cotas para negros na universidade, falta vaga. Por que não temos vagas para mulheres na magistratura? Na magistratura, as mulheres se interessam e fazem concurso. Elas são até maioria em alguns lugares, elas vão atrás, mas, na política, isso não acontece”, avaliou.

De acordo com o magistrado, a premissa dominante é de que a vida eleitoral é uma coisa boa. “Isso me ocorreu que, talvez, a política não seja uma coisa boa. Nós estamos partindo do princípio de que se candidatar e fazer parte da vida pública eleitoral partidária seja uma coisa boa. E se não for?”, completou.

Desde 1997, a lei eleitoral brasileira exige que os partidos e as coligações respeitem a cota mínima de 30% de mulheres na lista de candidatos para a Câmara dos Deputados, a Câmara Legislativa, as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais.

Para cumprir as exigências eleitorais, alguns partidos acabaram fabricando candidaturas de mulheres. Nas eleições de 2016, de acordo com dados da Justiça Eleitoral, por exemplo, as mulheres representaram 86% dos 18,5 mil candidatos que não receberam nenhum voto.

"Vai pegar boi no pasto, pegar mulher no laço para ser candidata se ela não quer?", questionou o juiz.

Neste ano, a Folha de S.Paulo revelou um esquema nas eleições de 2018 de candidaturas de mulheres laranjas do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, que virou alvo de investigação em Minas Gerais e Pernambuco. O caso envolve o ministro do Turismo do governo, Marcelo Álvaro Antônio.

Procurados pela reportagem, o TRE-PA e o juiz Amílcar Bezerra Guimarães não comentaram o assunto.

O julgamento que motivou as declarações de Amílcar em Santa Luzia do Pará ainda não foi concluído —acabou adiado por um pedido de vista.

Ele envolve uma coligação com MDB e Solidariedade —se a chapa for impugnada, quatro vereadores perdem o mandato.

por JOÃO VALADARES / Bahia Notícias 

Deputado propõe troca de Paulo Freire por Anchieta como patrono da Educação


Deputado propõe troca de Paulo Freire por Anchieta como patrono da Educação
O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), apresentou um projeto de lei para transferir a honraria de patrono da educação brasileira de Paulo Freire, que possui o título desde 2012, a São José de Anchieta, padre jesuíta canonizado pelo papa Francisco em 2014. 

A proposta foi rejeitada pelo Santuário Nacional de São José de Anchieta, sendo que o texto ainda nem foi votado. No corpo, a nota afirma que, assim como Paulo Freire, Anchieta "também foi pedagogo do oprimido" quando optou por educar, defender e proteger os indígenas nativos "da ambição dos poderosos", revela o Globo.

A nota oficial, assinada pelos padres Nilson Marostica e Bruno Franguelli, reitor e vice-reitor do santuário, respectivamente, atraiu centenas de comentários de fiéis, com críticas e demonstrações de apoio ao posicionamento. "Infeliz nota do santuário", comentou um dos seguidores da página. "Manifesto em favor do bom senso", manifestou-se outro.

O deputado, por sua vez, entendeu que os católicos que são favoráveis ao projeto ficaram indignados, "é uma falsa doutrina católica, criada para corromper o catolicismo por dentro. Comparar Paulo Freire, que é um embuste, um comunista, uma farsa da Educação, com Anchieta, é uma heresia. Esses padres são hereges".

Paulo Freire, estudou nas principais universidades do mundo, como Harvard, Oxford, Stanford e Cambridge. Sua maior obra foi, "Pedagogia do oprimido", que foi traduzida para mais de 20 idiomas e é a terceira mais citada em artigos acadêmicos na área de humanas no mundo, de acordo com levantamento do professor Elliott Green, da London School of Economics.

Rádio Globo demite Maju, Otaviano, Galisteu e Gentil

Maju Coutinho e Adriane Galisteu foram dispensados da Rádio Globo; Otaviano Costa não quis continuar - FOTOS: DIVULGAÇÃO/GLOBO


Em processo de restruturação, a Rádio Globo decidiu alterar sua linha de programação. Por isso, demitiu todos os grandes nomes de seu elenco, que inclui Maju Coutinho, Otaviano Costa, Adriane Galisteu e Fernanda Gentil. Todos os profissionais foram notificados da decisão nesta quarta-feira (29)

Salvador pede a SPU para assumir gestão de praias e pode voltar a ter barracas

Salvador pede a SPU para assumir gestão de praias e pode voltar a ter barracas
O secretário de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador, Sérgio Guanabara, disse que faltam apenas medidas legais para que a prefeitura assuma a gestão das praias de Salvador, após tratativas com a Superintendência do Patrimônio da União na Bahia (SPU).

Em entrevista ao Bahia Noticias, Guanabara disse que "o prefeito manifestou o desejo" e  a administração encaminhou "para a SPU anuir. "Feito isso a prefeitura assume", indicou.


O secretário contou que tem diversos projetos para por em prática nas praias de Salvador, "mas que nunca foram postos em prática justamente pela competência legal da gestão dessas praias que pertencem até hoje até a União", o que dificultava as ações.

"Salvador não tem barracas de praias, não é uma decisão do Executivo. O prefeito não pode fazer nada, isso é uma decisão de um juiz federal", entende Guanabara, sobre a remoção dos equipamentos há alguns anos.

A ideia do retorno das barracas de praia é uma possibilidade, e esse instrumento de cessão das praias vai possibilitar também o olhar qualitativo a borda marítima. "Não há limites para um projeto de um planejamento específico. Temos que assumir para pensar em uma correta utilização destes espaços", concluiu.

MARANHÃO: COPA DO BRASIL DE KARATÊ EDUCACIONAL, FAZ HOMENAGEM AO MONUMENTO AOS PESCADORES, CARTÃO POSTAL DO ESTADO

Nenhuma descrição de foto disponível.
Monumento aos Pescadores (ou oficialmente "Arrastão") é um conjunto de esculturas na cidade de São Luís, no Maranhão.
Fica localizado na Avenida Litorânea, na Praia de São Marcos.
É uma obra do escultor e pintor Cordeiro do Ma­ranhão e foi inaugurada em 31 de dezembro de 2003, representando três pescadores puxando uma rede.
A Praça dos Pescadores é um dos principais locais visitados por turistas na orla marítima da cidade, além de ser um dos mais importantes cartões postais ludovicense.
Nenhuma descrição de foto disponível.
Medalhas da Copa Brasil karatê Educacional

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Nenhuma descrição de foto disponível.A Copa acontecerá no Ginásio Centro Educacional São José Operário - CESJO

Endereço: Av. Esteban Dusentos e treze n° 100
Cidade Operária em São Luís - Maranhão

Faltam apenas 08 dias para a maior Copa de Karatê do país em São Luís Maranhão, atletas do Pará,Goiás, Maranhão, Bahia, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, entre outros estados  , estão intensificando os treinamentos para representar seus  estados em mais uma competição de nível nacional.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Resultado de imagem para KARATE EDUCACIONAL PIROPO

Resultado de imagem para Karate educacional Norte nordeste Paudalho

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas


Nenhuma descrição de foto disponível.
Nenhuma descrição de foto disponível.A CEBK Confederação Educacional do Brasil de Karatê, uma das maiores organizações da modalidade na América do Sul, divulgou o cartaz da Copa do Brasil  e Norte Nordeste de Karatê de 2019, incluindo no calendário a cidade de São Luís do Maranhão .
Com eventos consagrados no país a CEBK tem apresentado organização padrão de ponta , com mega banners , pontuação eletronica,  premiações de alta qualidade, média de 06 kotós ,  clínica de arbitragem , atletas com nível técnico elevado e toda logística necessária para grandes eventos.
O presidente nacional CEBK Antonio Pereira , foi até a Itália recentemente e recebeu a certificação internacional da WUKO , sendo o representante da entidade no Brasil; Agora WKMO.

site oficial. www.cebk.com.br

Contato ( 94 ) 9273-6508
Resultado de imagem para Campeonato CEBK karate piropo